Bristol Inglaterra Reino Unido

4 museus gratuitos a visitar para se compreender a cidade de Bristol

Início » Europa » Reino Unido » Inglaterra » Bristol » 4 museus gratuitos a visitar para se compreender a cidade de Bristol

Bristol, em Inglaterra, é uma cidade virada para o mar. Construída à volta do rio Avon, que desagua no oceano Atlântico, sempre esteve ligada a actividades de navegação.

Nos séculos XVII e XVIII, a cidade prosperou particularmente devido à sua localização, que facilitava as viagens transatlânticas. A ligação marítima com o continente americano, permitia o comércio de diversos produtos. Infelizmente, não se transportavam apenas bens entre as Américas e Inglaterra, mas também muitos escravos africanos.

Mais recentemente, a economia da região passou a estar assente na engenharia aeroespacial, assim como em serviços tecnológicos e financeiros.

As docas e portos de Bristol, que outrora viam navios partir para o Novo Mundo, fazem agora parte do seu património histórico e cultural. E a sua história pode ser aprofundada em 4 museus espalhados pela cidade. O melhor? São todos gratuitos!

Bristol Museum & Art Gallery

Dos quatro, o Bristol Museum & Art Gallery será o museu mais genérico. A sua colecção vai desde a história da Terra, até arte contemporânea, passando por conjuntos de porcelana chinesa. No entanto, há muito neste museu sobre a história de Bristol.

A fauna e a flora da região são retratadas através de animais embalsamados, fósseis, e pedras preciosas. Ficamos também a conhecer o dinossauro de Bristol e alguns dos seus companheiros. Podemos ver ainda vários mapas que mostram como Bristol mudou ao longo dos séculos.

É um museu interessante para quem quer uma visão mais abrangente do mundo, e não apenas de Bristol. Até porque também existem, no seu interior, colecções sobre o antigo Egipto e sobre o império Assírio.

Bristol Museum and Art Gallery 01 Bristol Reino Unido
Bristol Museum and Art Gallery 02 Bristol Reino Unido
Bristol Museum and Art Gallery 03 Bristol Reino Unido
Bristol Museum and Art Gallery 04 Bristol Reino Unido

M Shed

O M Shed tem em exibição mais de 3000 artefactos que fazem parte da história de Bristol. Apesar de prometer, o museu foi, para mim, uma pequena desilusão. A verdade é que gostei do museu em si, e do conceito por trás, mas achei que as coisas estavam expostas de forma demasiado próxima. Era informação em demasia num único espaço.

A minha sensação foi que o museu estava um pouco desorganizado, como se alguém tivesse deixado os objectos ao calhas. De resto, os artefactos apresentados são interessantes. Até há um autocarro antigo, com dois andares, no qual se pode entrar!

Acredito que vale a pena conhecer, pela exposição em si, ignorando um pouco a sua posição. Olhando os objectos individualmente, a história ali retratada é muito completa.

M Shed 01 Bristol Reino Unido
M Shed 02 Bristol Reino Unido
M Shed 03 Bristol Reino Unido
M Shed 04 Bristol Reino Unido

The Red Lodge Museum

O Red Lodge era uma mansão, hoje transformada em museu. Em estilo isabelino, conta com mais de 400 anos de história. Foi uma importante casa real no século XVI e, mais tarde, tornou-se na primeira escola vitoriana para meninas.

Do lado de fora, podemos observar um bonito jardim. Foi restaurado de forma a estar o mais parecido possível com o jardim original, de quando a casa foi construída.

No interior, existem 3 dos quartos mais antigos de Bristol! A maioria dos objectos são os originais, de 1580. As camas e os pormenores do tecto conseguiram sobreviver ao passar dos anos. Este é o meu tipo preferido de espaços, em que podemos ver mais concretamente como as pessoas de uma determinada classe social viviam.

Red Lodge 01 Bristol Reino Unido
Red Lodge 02 Bristol Reino Unido
Red Lodge 03 Bristol Reino Unido
Red Lodge 04 Bristol Reino Unido

The Georgian House Museum

A Georgian House era uma casa, também ela transformada em museu, do final do século XVIII. Terá sido construída por volta de 1790 por John Pinney.

Mercador de açúcar de grande sucesso, John Pinney tem a sua história intimamente ligada à escravatura. As suas plantações nas Caraíbas, eram esclavagistas, como muitas outras daquela época também o eram.

A sua casa em Bristol tem 11 quartos, divididos por 4 andares. O museu está dividido em duas partes: a vida acima das escadas e a vida abaixo das escadas. Acima das escadas encontram-se a sala de jantar, a sala de estar e o escritório. Abaixo das escadas temos a cozinha, a lavandaria e o quarto da governanta, a partir dos quais a casa era gerida.

Sem a parte de baixo, a zona superior não funcionaria. Os empregados eram a espinha dorsal de todas as casas senhoriais desse período.

Georgian House 01 Bristol Reino Unido
Georgian House 02 Bristol Reino Unido
Georgian House 03 Bristol Reino Unido
Georgian House 04 Bristol Reino Unido

Gostas de visitar este tipo de espaços? Os meus preferidos são, sem dúvidas, as casas. É impressionante a história que se encontra dentro de quatro paredes.

Guia prático

Como chegar

Existem voos directos entre Lisboa e Bristol pela easyJet. É a única companhia que oferece voos sem escalas. De resto, há voos de várias cidades inglesas e europeias para Bristol, nomeadamente Londres, Dublin, Bruxelas e Paris. Há ainda voos directos de Faro para Bristol, maioritariamente devido ao número de ingleses que pretendem passar o verão nas praias algarvias.

Já dentro do Reino Unido, há comboios das principais cidades inglesas para Bristol, com ou sem mudanças noutras localidades. Também existem autocarros que fazem o mesmo trajecto e, geralmente, são mais económicos do que os comboios.

Mapa com os museus

Alojamento

Estive em Bristol 3 semanas, a realizar um projecto na University of Bristol. Assim, queria um alojamento que fosse perto da universidade. Das opções que me deram, acabei por escolher o 178 St Michaels Hill. É uma casa com cozinha totalmente equipada, e máquina de lavar (e secar) roupa. Além disso, a casa é perto de supermercados, restaurantes e bares. É uma boa escolha para visitas mais longas.

Existem outras opções mais perto do centro da cidade. No entanto, como Bristol não é muito grande, qualquer localização será boa. Andando um pouco mais ou um pouco menos, rapidamente se chega ao centro e à cidade velha.

Alojamento em Bristol

4 museus gratuitos para se compreender a cidade de Bristol
Planeia a tua viagem (com ferramentas que eu própria uso)

Ao utilizares os links abaixo, não pagas mais por isso, e eu recebo uma pequena comissão. Não é muito, mas é um importante apoio, que me permite continuar a inspirar-te e a partilhar as minhas dicas de viagem.

Para reservas de alojamento, utilizo o Booking.com

Para seguro de viagem, utilizo a World Nomads

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *