Igreja de São Francisco Évora Portugal Mundo Indefinido

A Igreja de São Francisco é muito mais do que a Capela dos Ossos

Início » Europa » Portugal » Évora » A Igreja de São Francisco é muito mais do que a Capela dos Ossos

Fui a Évora a convite do grupo AccorHotels (marca Ibis), numa acção para promover a cidade de Évora enquanto destino. O programa tinha uma parte organizada e outra livre. É sobre a parte livre de que hoje falo.

Quando se fala em Évora, a primeira coisa que vem à memória de muitas pessoas é a Capela dos Ossos. Para além da cidade ser muito mais do que isso, a própria igreja onde se encontra também o é.

A Igreja de São Francisco que hoje vemos, de arquitectura gótico-manuelina, embeleza a cidade desde o início do século XVI. No entanto, foi com a chegada da Ordem Franciscana a Évora ainda em 1224, que um primeiro convento foi construído.

A Igreja actual foi edificada sobre a antiga, como tem sido habitual neste tipo de construções. Vamos descobrir o que se encontra no seu interior?

A colossal colecção de presépios

A Igreja de São Francisco foi alvo de amplas obras de reabilitação entre 2014 e 2015. Após essa merecida requalificação, as galerias superiores foram aberta ao público em geral. Hoje, essas galerias albergam uma colecção de presépios absolutamente extraordinária.

Os presépios fazem parte da colecção particular de Fernando e Fernanda Canha da Silva. Fiquei maravilhada com a quantidade e qualidade dos vários presépios que por ali se encontram.

De artesãos nacionais e internacionais, são das mais variadas composições e matérias-primas. Há presépios em madeira, tecido, pedra, porcelana… E até de parafina!

Igreja de São Francisco Presépio 01 Évora Portugal Mundo Indefinido
Igreja de São Francisco Presépio 02 Évora Portugal Mundo Indefinido
Igreja de São Francisco Presépio 03 Évora Portugal Mundo Indefinido
Igreja de São Francisco Presépio 04 Évora Portugal Mundo Indefinido

O interessante núcleo museológico

Durante as obras de 2014 e 2015, o antigo dormitório dos frades foi transformado em Núcleo Museológico. Aqui, é possível admirar diversas obras que se encontravam no próprio convento, assim como em conventos, agora extintos, da região.

Ao percorrer a colecção, somos presentados com pinturas, esculturas dos séculos XVI a XVIII, ourivesaria e diversa arte sacra. Pode-se fazer o percurso de forma cronológica, e aprender um pouco mais sobre a vida religiosa e social da cidade de Évora.

Igreja de São Francisco Núcleo Museológico 01 Évora Portugal Mundo Indefinido
Igreja de São Francisco Núcleo Museológico 02 Évora Portugal Mundo Indefinido
Igreja de São Francisco Núcleo Museológico 03 Évora Portugal Mundo Indefinido

A capela-mor da Igreja de São Francisco

A própria Igreja de São Francisco, pela qual se entra por uma porta diferente, é muitas vezes esquecida. Contudo, merece uma visita. Com 10 capelas laterais como companhia, a capela-mor possui um retábulo da segunda metade do século XVIII, em mármore, com as imagens de São Francisco e São Domingos.

Quando lá entrei, apenas uma pessoa por ali se encontrava. Pude observar o espaço com toda a calma e atenção. A pia baptismal, as capelas laterais, as pinturas, os retábulos em talha dourada… Assim como as encantadoras janelas em mármore de onde a família real assistiria às cerimónias religiosas.

Igreja de São Francisco 01 Évora Portugal Mundo Indefinido
Igreja de São Francisco 02 Évora Portugal Mundo Indefinido
Igreja de São Francisco 03 Évora Portugal Mundo Indefinido

A inevitável Capela dos Ossos

Apesar dos diversos pontos de interesse que falei anteriormente, a verdade é que a visita não fica completa sem a Capela dos Ossos. Construída no século XVII, o seu objectivo é provocar a reflexão sobre a efemeridade da vida humana.

Diversos ossos adornam as paredes e pilares desta capela. São provenientes dos lugares de enterro ligados ao antigo convento: existiam, na região de Évora, cerca de 40 cemitérios.

No total, crê-se que são cerca de 5 mil ossos, maioritariamente fémures e crânios. Há ainda dois esqueletos inteiros. A frase, sobre a porta de entrada, não deixa ninguém indiferente: nós ossos que aqui estamos, pelos vossos esperamos.

Capela dos Ossos Igreja de São Francisco 01 Évora Portugal Mundo Indefinido
Capela dos Ossos Igreja de São Francisco 03 Évora Portugal Mundo Indefinido
Capela dos Ossos Igreja de São Francisco 02 Évora Portugal Mundo Indefinido
Capela dos Ossos Igreja de São Francisco 04 Évora Portugal Mundo Indefinido

Guia prático

Como chegar

Cheguei a Évora de comboio, vinda de Lisboa. Foi uma das melhores opções que tomei. A viagem é muito agradável e, em hora e meia, percorri a distância entre as duas cidades. A estação de comboios de Évora fica a sul da cidade, mas uma curta caminhada nos leva até ao centro.

Pesquisar horários de comboios

Outra opção é ir de autocarro. Demora um pouco mais mas, dependendo da altura em que se compram os bilhetes, pode ficar um pouco mais em conta do que o comboio.

Pesquisar horários de autocarros

Informação útil

★ Site: Igreja de São Francisco
★ Horário: Todos os dias das 9h00 às 17h00 (inverno) ou às 18h30 (verão)
★ Preço: 5€ adultos; 3,5€ até aos 25 anos e maiores de 65 anos| preços detalhados
★ Morada:  Praça 1º de Maio, 7000-650 Évora

Horários e preços à data de publicação deste artigo.

Alojamento

Como referi no início do artigo, a minha ida a Évora esteve enquadrada numa acção por parte do grupo AccorHotels (marca Ibis). A oferta do alojamento fazia parte desta iniciativa, e fiquei alojada no ibis Évora. O hotel está bem localizado, muito próximo do Passeio Público. Tem tudo o que se pode encontrar noutros hotéis da mesma rede. Há estacionamento livre no local, mas se não houver lugares há um parque subterrâneo pago. O pequeno-almoço pode ou não ser incluído.

Apesar de Évora não ser uma cidade grande, há mais alternativas de alojamento, por isso é só questão de procurar. De certeza que vais encontrar um espaço que seja do teu agrado!

Alojamento em Évora

A Igreja de São Francisco é muito mais do que a Capela dos Ossos

Este artigo pode conter links afiliados.

 

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *