Itinerário InterRail Pexels

InterRail: A Rota

Início » Europa » InterRail: A Rota

Decidir qual o itinerário não é uma escolha fácil e dá algum trabalho. Há cidades que vão ficar de fora, países que vão ficar por explorar… Porque escolher uma cidade implica sempre deixar outra de parte.

A Europa é grande e é impossível vê-la toda numa só viagem, por isso é necessária alguma ponderação. Um só dia não chega para se ver um local, e o objectivo é visitar, não é riscar cidades de uma lista.

É também importante ter em conta que o passe não é válido no país de residência do seu portador. Porém, é possível beneficiar de uma redução de 50% no preço do bilhete até uma estação fronteiriça ou até às estações de Lisboa, Porto ou Faro, as quais servem aeroportos internacionais.

Para sair de Portugal, a CP dispõe de três alternativas principais: o comboio Sud-Expresso, que liga Lisboa a Hendaye, o comboio Lusitânia Comboio Hotel, que liga Lisboa a Madrid durante a noite, e o comboio Celta, que faz a ligação de Porto a Vigo.

Devido à posição geográfica de Portugal, começar o InterRail em território nacional pode ter desvantagens caso já se conheça ou não se pretenda visitar Espanha e França, uma vez que será necessário atravessar esses países, gastando uma grande parte da validade do passe nessa viagem morosa. Neste caso, o melhor será começar a viagem num dos países que se pretende visitar, indo de avião até lá. Para pesquisar voos podem-se utilizar sites como o momondo e o skyscanner.

A minha rota

Depois de alguma ponderação, foram escolhidas 10 cidades em 9 países diferentes. A aventura começa em Amesterdão (Países Baixos), seguindo-se para Berlim (Alemanha) e depois para Praga (República Checa). É feito um desvio para Cracóvia (Polónia), onde uma ida a Auschwitz é obrigatória, partindo-se depois para Viena (Áustria). O trajecto continua, em direcção a Budapeste (Hungria). As cidades seguintes são Belgrado (Sérvia) e Sófia (Bulgária). Depois, vai-se para Salónica (Grécia) e a viagem termina em Atenas (Grécia).

Rota-InterRail-Mundo-Indefinido

Tens curiosidade em visitar alguma destas cidades?
Já lá estiveste? O que achaste?

Este artigo pode conter links afiliados.

Planeia a tua viagem (com ferramentas que eu própria uso)

Ao utilizares os links abaixo, não pagas mais por isso, e eu recebo uma pequena comissão. Não é muito, mas é um importante apoio, que me permite continuar a inspirar-te e a partilhar as minhas dicas de viagem.

Para reservas de alojamento, utilizo o Booking.com.

Para aluguer de carros, utilizo a Rentalcars.

Para seguro de viagem, utilizo a World Nomads.

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

7 comentários