Onde dormi em Irkutsk: Rolling Stones Hostel

Início » Europa » Rússia » Irkutsk » Onde dormi em Irkutsk: Rolling Stones Hostel

Em Irkutsk, na Rússia, a oferta de alojamento é mais reduzida do que nas duas principais cidades do país (Moscovo e São Petersburgo). Para mim, menos oferta facilita a decisão: são menos espaços para analisar e fazer comparações de preços. Escolhemos o Rolling Stones Hostel. Tinha aberto há muito pouco tempo, ainda não havia grandes opiniões no Booking.com, mas resolvemos arriscar. Tinha um preço em conta e parecia bastante aceitável.

Quando chegámos, conhecemos o dono, um rapaz novo que não devia ter mais de 30 anos. Era a primeira vez que apostava no ramo da hotelaria e, se as coisas corressem bem, queria expandir um pouco o espaço – entretanto já o fez, o que é muito bom sinal. No entanto, eu só posso falar da minha experiência na altura em que aqui estive (Agosto de 2016).

Eu podia dizer que o Rolling Stones Hostel está muito bem localizado, e que tem várias opções de quartos, desde dormitórios até quartos duplos. Podia afirmar que possui uma cozinha completamente equipada, e que dispõe de um espaço comum agradável para se relaxar um pouco. Podia ainda acrescentar que tem um pequeno terraço e que a recepção está aberta 24 horas.

Por outro lado, podia referir que as duas únicas casas-de-banho são poucas para o número de pessoas que consegue albergar, ou que o hostel está num primeiro andar sem elevador. Mas nada disso teria grande importância. Por muito que eu possa falar do Rolling Stones Hostel, o que ele tem de melhor são mesmo as pessoas. E, só por isso, eu voltaria a ficar neste espaço num regresso futuro a Irkutsk.

Se não tens a acompanhado a minha aventura pelo transiberiano, preciso de contextualizar um pouco. Desde Moscovo que eu estava com uma tosse irritante, que não me tinha deixado dormir tranquila uma única noite na viagem de comboio entre Moscovo e Irkutsk. Quando cheguei a Irkutsk ainda tossia, e a tossir se passaram os 3 dias que estive entre esta cidade e o lago Baikal.

Numa das noites a minha tosse estava pior e o tal rapaz, dono do hostel, procurou farmácias na zona por sua própria iniciativa. A única que estava aberta àquela hora era longe para se ir a pé, e não havia transportes. Ele queria chamar um táxi para me levar a uma farmácia, e chegou a dizer que pagava ele. Não aceitei. Eu, teimosa, estava convencida que a tosse iria passar por si, só precisava de tomar um cházinho.

No dia seguinte, o rapaz chamou-nos e entregou-me uma embalagem. Eram uns comprimidos naturais para chupar, que supostamente me iriam ajudar com a tosse. Perguntei-lhe quanto era, queria-lhe pagar. Ele recusou-se a dizer, não iria aceitar o meu dinheiro: era oferta. Eu gostei muito do Rolling Stones Hostel: da localização, das camas, da decoração… Mas as pessoas dão-lhe um toque especial e por causa disso este é, para mim, o melhor lugar para se ficar em Irkutsk.

Guia prático

Informação útil

Pontos fortes: localização; cozinha totalmente equipada; recepção 24 horas
Pontos fracos: na altura não tinha pequeno-almoço incluído (mas estavam a considerar)
Recomendo para:  viajantes sozinhos, casais, grupos de amigos
Não recomendo para: quem pretende um pouco mais de privacidade
Preço: 10€ em dormitório com 4 camas; 42€ em quarto duplo com casa-de-banho privada
Principais comodidades: Wi-fi e estacionamento gratuitos
Morada: Улица Карла Либкнехта 6, Иркутск (Ulitsa Karla Libknekhta 6, Irkutsk)
Reservar: Booking

[block]10[/block]

Este artigo pode conter links afiliados.

Planeia a tua viagem (com ferramentas que eu própria uso)

Ao utilizares os links abaixo, não pagas mais por isso, e eu recebo uma pequena comissão. Não é muito, mas é um importante apoio, que me permite continuar a inspirar-te e a partilhar as minhas dicas de viagem.

Para reservas de alojamento, utilizo o Booking.com.

Para aluguer de carros, utilizo a Rentalcars.

Para seguro de viagem, utilizo a World Nomads.

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

2 comentários