Visto para a China: que documentos são necessários e onde pedir

Início » Ásia » China » Visto para a China: que documentos são necessários e onde pedir

Quando procuro informação sobre os vistos, vou sempre ao site da embaixada em Portugal. No caso da República Popular da China, o site é um pouco desorganizado e nada apelativo… Mas tem toda a informação necessária (embora por vezes esteja meio escondida). A informação que aqui apresento é para o caso de quereres tratar do visto de forma independente e pedindo visto de turismo. Existe sempre a opção de deixares uma agência de viagens tratar do assunto.

Documentos necessários

★ Passaporte com validade de pelo menos 6 meses além da data de saída da China; ★ Fotocópia da folha de identificação do passaporte; ★ Formulário de pedido de visto preenchido a caneta e em letras maiúsculas; ★ Uma fotografia tipo passe, a cores; ★ Cópia da reserva dos voos de ida e volta, ou dos comboios – basicamente, como vais entrar e sair do país – com o teu nome e com a China como destino. Para o transiberiano, é necessário já ter o comboio reservado por causa deste ponto.

Há mais uns documentos que são necessários, conforme a tua situação profissional na altura. Verifica qual é que se aplica ao teu caso:

Se fores trabalhador por conta de outrem: declaração da entidade patronal comprovativa da profissão. Tem de ser timbrada, carimbada e assinada; ★ Se fores trabalhador independente, desempregado ou doméstico: declaração a explicar o tipo de profissão e qual é o motivo da viagem. Também é necessário um comprovativo de que o saldo bancário disponível é igual ou superior a 1000€ (ou moeda no valor equivalente), que suportará a despesa diária mínima de 80€ durante a estadia na China; ★ Se fores reformado: fotocópia do cartão de pensionista; ★ Se fores estudante: fotocópia do cartão de estudante; ★ Os menores devem apresentar uma fotocópia do cartão do cidadão.

Onde pedir

★ A Secção Consular da República Popular da China situa-se na Rua de São Caetano, nº 2, em Lisboa. ★ Os vistos podem ser pedidos de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 12h00. ★ Os passaportes com o visto podem ser levantados de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 12h00 e das 15h00 às 17h00. ★ A emissão do visto demora 4 dias úteis, e não existem vistos de urgência. ★ O preço do visto é de 60€, independentemente do número de entradas que se queira. Facto curioso: todos os pagamentos são feitos por depósito em numerário nos balcões do Banco Millennium BCP. Não te preocupes, quem te atender explica como tudo se processa. ★ O visto pode ser pedido com não mais do que 60 dias de antecedência.

Atenção: Macau, Hong Kong, ou Taiwan são regiões especiais da China. Se estiver nos teus planos visitar esses locais, o visto tem de ser de mais do que uma entrada. Por exemplo, se fores de Pequim para Macau e de Macau para Pequim novamente, são consideradas duas entradas: uma quando chegaste a Pequim pela primeira vez, e outra quando saíste de Macau e entraste no Continente da China.

Nota: Cidadãos portugueses podem permanecer em Hong Kong e Macau durante 90 dias sem ser necessário visto, e 30 dias em Taiwan. Mas tem cuidado: se fores para esses locais passando pela China, precisas de visto para a China.

Se viveres fora de Lisboa e não tens possibilidade de te deslocares à cidade, precisas de pedir a alguém que vá à secção consular entregar os documentos por ti. A secção consular não aceita pedidos de visto por correio, mas podem enviar o passaporte com o visto já emitido.

Toda a informação sobre os vistos pode ser consultada no site da embaixada.

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

28 comentários